O que esperar dos liberais nas eleições de 2018
Liberdade e Estado / 18/04/2018

No dia 15 de abril de 2018 foi publicado mais uma pesquisa de intenção dos votos com os pré-candidatos a presidência da república feita pelo Datafolha (4.194 entrevistas, entre os dias 11 e 13 de abril, em 227 municípios). A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. No cenário 1 (Se Lula for candidato e o MDB lançar Henrique Meirelles), temos o seguinte resultado: Lula (PT): 31% Jair Bolsonaro (PSL): 15% Marina Silva (Rede): 10% Joaquim Barbosa (PSB): 8% Geraldo Alckmin (PSDB): 6% Ciro Gomes (PDT): 5% Álvaro Dias (Podemos): 3% Manuela D’Ávila (PC do B): 2% Fernando Collor de Mello (PTC): 1% Rodrigo Maia (DEM): 1% Henrique Meirelles (MDB): 1% Flávio Rocha (PRB): 1% João Amoêdo (Novo); Paulo Rabello de Castro (PSC); Guilherme Boulos (PSOL); Guilherme Afif Domingos (PSD): 0 Em branco / nulo / nenhum: 13% Não sabe: 3% Podemos também avaliar esta pesquisa dividindo os candidatos em: i) Esquerda (PSOL e PC do B); ii) Centro Esquerda – Social Democrata (PT, Rede; PSB; PSDB e PDT); iii) Centro (Podemos, MDB, PTC, PSC e PSD); iv) Centro Direita (PSL e DEM); v) Direita (PRB); vi) Liberal (Novo) Centro Esquerda: 60% Centro Direita:…

Flávio Rocha, dono da Riachuelo, será o próximo presidente do Brasil?
Liberdade e Estado / 01/03/2018

Com a desistência do apresentador Luciano Hulk na corrida para o Planalto um novo nome começou a ganhar forma como o outsider da vez: Flávio Rocha do da Riachuelo. O empresário é apontado como possível candidato à presidência da República pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Em 5 de março de 2017, Rocha liderou em Nova York o lançamento do movimento “Brasil 200”, que defende ideais liberais para a economia brasileira, critica o governo de Michel Temer (MDB) e dos seus antecessores petistas – Dilma Rousseff e Lula. No lançamento, o empresário criticou, sem falar nomes, os governos petistas, e especialmente, as gestões petistas e, especialmente, a candidatura de Lula: “não é possível que o líder das pesquisas no Brasil para presidente hoje seja não apenas o maior responsável pela crise como um criminoso condenado a 9 anos e meio de prisão em apenas um de inúmeros processos que responde. Que mensagem o país está passando para a classe política e para o mundo? Que aqui o crime compensa? Que o brasileiro aprova a roubalheira? Não é possível que a lição, a mais dura de todas, não tenha sido aprendida”. “Quero sugerir a todos vocês que chegou a hora de uma…