Reflexão acerca do que seria o Sistema de Transporte Público Urbano

03/05/2017

Em 2013 o Brasil saiu às ruas para manifestar quanto aos reajustes da tarifa do transporte público urbano e também em relação a qualidade do serviço prestado. O Poder Público tomou uma ação rápida a essas manifestações e em 2013 congelou as tarifas.

Já no ano de 2016, ano da eleição dos prefeitos, pouco foi debatido quanto as ações necessárias para que agora em 2017 a população não saia novamente a rua para protestar, pois quase nada foi feito em relação a melhoria da qualidade do transporte e/ou na forma de financiamento dos sistemas nas quais o custeio não seja pago única e exclusivamente pelos usuários.

Sabendo desta conjuntura fica claro a importância de pensarmos em como requalificar os sistemas de transporte público urbano. Por isso o objetivo deste artigo não é apresentar uma lista de soluções infalíveis (estilo Cebolinha) mas sim apresentar ao leitor conceitos, para assim entendermos o problema e depois as soluções. Então para elaboração do nosso conceito de Sistema de Transporte Público Urbano, vou apresentar as definições de cada termo de forma isolada para depois termos a compreensão do todo.

A primeira palavra a ser conceituada é “Sistema”, do latim systema, um sistema é um conjunto ordenado de elementos que se encontram interligados e que interagem entre si no desempenho de uma função

Agora vamos entender a etimologia da palavra “Transporte”, ela é também originária do latim, sendo formada pela união dos radicais trans (significa: de um lado a outro) e portare (levar). Com isso podemos concluir de forma rápida e simples que o transporte é o deslocamento de algo (pessoas ou cargas) de um lugar para outro.

A palavra “Público”, do latim publicus, remete para a esfera da coletividade e do exercício do poder, que se refere ao povo em geral e daquilo que pertence a coletividade e serve para uso de todos. E por último o termo “Urbano”, do Latim “urbanus”, que significa “pertencente à cidade”.

Com isso, se somarmos as definições dos 4 termos temos que o “Sistema de Transporte Público Urbano” nada mais é que é um conjunto ordenado de elementos que se encontram interligados e que interagem entre si com a função de promover o deslocamento de pessoas de um lugar para outro, pertencente à cidade e seus cidadãos e disponível para uso de todos.

Infelizmente o conceito não está sendo aplicado, pois falta o melhor entendimento quanto ao termo “Público”, na Região Metropolitana de Goiânia por exemplo, o transporte público não é percebido com algo pertencente aos cidadãos e nem disponibilizado para uso de todos. E sim como um serviço sem “dono” e disponibilizado somente para aquela parcela da população que por algum motivo não conseguiu migrar para outro tipo de transporte (carro, moto, bicicleta…)

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.