O 13º Salário e a pizza de 13 fatias
Liberdade e Estado / 01/10/2018

O candidato a vice-presidente, o general Hamilton Mourão (PRTB), da chapa de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais, criticou no dia 25.setembro.2018 o 13º salário e o abono salarial de férias em uma palestra para lojistas em Uruguaiana (RS). No evento, promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, Mourão critica os benefícios trabalhistas quando passa ao tema da reforma trabalhista. “Temos algumas jabuticabas que a gente sabe que é uma mochila nas costas de todo empresário brasileiro. Jabuticabas brasileiras: 13º salário. Se a gente arrecada doze, como pagamos treze? É complicado.” Disse o general. A opinião do militar logo reverberou por todo país e muitos “iluminados” ficaram ressoando aos quatros cantos que tal visão é a pior agressão ao Direito do Trabalho, pois fere de morte vários direitos conquistados pelos trabalhadores. Mas antes de entrar no cerne da questão gostaria de refletir sobre o que é direito e o que é dever: Podemos definir direito como a faculdade que tem uma pessoa de mover a ordem jurídica segundo seus interesses (direitos subjetivos), por exemplo, “eu tenho o direito ao meu FGTS” ou “ele tinha direito àquelas férias”. Percebemos o estreito relacionamento entre direito e individualidade, neste caso representado…